A inovação constitui, sem dúvida alguma, um factor essencial de competitividade da fileira nacional do milho e do sorgo.
Ciente desta realidade, o Centro Nacional de Competências das Culturas do Milho e Sorgo promoveu ao longo dos dois últimos anos diversas reuniões de trabalho e Dias de Campo, em que participaram os trinta e três parceiros deste Centro de Competências, de forma a elaborar a sua Agenda de Inovação para os próximos anos.

Com a conclusão deste documento, que se quer dinâmico, cumpre-se um importante objectivo deste Centro de Competências que passa pela definição das principais acções a implementar para os próximos anos.

Importa ainda referir que as acções identificadas carecem agora de financiamento no âmbito do actual e do futuro Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), sob pena de não alcançarmos um dos objectivos propostos no âmbito da Estratégia Nacional para a Promoção da Produção de Cereais, que passa por contribuir para uma maior competitividade técnica e económica dos produtores nacionais de milho e sorgo, de forma a aumentarmos o grau de auto-aprovisionamento em cereais do nosso país.